Carregando...

Artigos

Juventude 15/02/2024

Investimentos em educação e a formação de jovens líderes políticos

Giovanna Yule Lima de Macedo
Giovanna Yule Lima de Macedo
Secretária nacional da Juventude
Investimentos em educação e a formação de jovens líderes políticos
Imagem: reprodução

A progressão de uma sociedade está intimamente vinculada à excelência da educação e a preparação de jovens para assumir papéis de liderança, sendo pilares fundamentais, fornecer oportunidades com educação de qualidade e capacitar jovens líderes políticos para fortalecer os princípios democráticos, tornando-os ativos, na construção de uma sociedade mais equitativa, participativa e sustentável.

A internet e os meios de comunicação em massa desempenham um papel significativo ao despertar o interesse dos jovens para a relevância da participação política. Com a juventude constantemente conectada, especialmente nas redes sociais, a concentração da campanha eleitoral nesse ambiente digital torna-se crucial. Considerando que o Brasil é diretamente impactado por notícias de escândalos, corrupção e entraves burocráticos, esse cenário tem levado a um afastamento dos jovens e de qualquer eleitor que mantenha um mínimo de boa vontade em relação à política, resultando em um sentimento generalizado de descrença e desmotivação.

Mas o melhor caminho sempre será a educação e o conhecimento. A capacitação política destinada aos jovens líderes proporciona habilidades para lidar com os desafios complexos do cenário da realidade brasileira. Para isso, é importante concentrar-se no aprimoramento na competência de expressão oral, destacando a importância da escuta ativa para compreender as demandas dos eleitores, além de enfatizar o cultivo dos pensamentos críticos durante o processo de tomadas de decisões, aprofundando o entendimento do sistema político.

Os programas de formação política representam uma oportunidade para os jovens estimularem o engajamento eleitoral, capacitando-os com competências técnicas de liderança e habilidades de resolução de problemas. Ao estabelecer conexões com profissionais experientes no âmbito político, oferecendo orientações e promovendo trocas de ideias, proporcionando aos jovens uma experiência prática e preparando-os para os desafios do mundo real. Para manter a integridade e continuar a trabalhar em prol do bem comum, mesmo diante de obstáculos significativos. 

 Os jovens têm relevância no processo de formação e direção do destino de uma nação. Frequentemente, apresentam novas concepções e avanços tecnológicos no processo eleitoral, desempenhando uma função essencial na adaptação em plataformas de participação online. Isso resulta em uma interação mais estreita com os eleitores, demonstrando uma evolução das práticas participativas. 

Por fim, compreendemos desde a ponta em uma análise rápida da problemática estrutural que gira em torno do assunto, desde as desmotivações e descrenças até os meios de solução e desafios que os jovens enfrentam. Sabemos que não é fácil enfrentar um cenário tão desgastado, entretanto, entendemos que a juventude é o amanhã, a juventude é o FUTURO. E sim devemos discutir, procurar entender, se qualificar e se capacitar para sermos a representatividade que desejamos em busca do bem comum.

Compartilhe