Carregando...

Artigos

Palavra do presidente 24/09/2021

Solidariedade comemora oito anos com desafios para melhorar o Brasil

Paulinho da Força
Paulinho da Força
Deputado federal (SP) e presidente nacional do Solidariedade
Solidariedade comemora oito anos com desafios para melhorar o Brasil
Crédito: iStock/ Paralaxis

Nascido da luta dos trabalhadores, o nosso partido Solidariedade completa oito anos de fundação e de luta em defesa dos brasileiros. Ao longo desses anos, nunca ignoramos os problemas que afligem a nossa nação. Ao contrário, trabalhamos muito para tornar o país justo e igualitário, principalmente para aqueles que vivem em situação de vulnerabilidade, para aqueles historicamente esquecidos por governos omissos e pela própria sociedade. 

Mais do que nunca, os trabalhadores precisam da nossa força e liderança para voltar a sorrir. Vivemos em tempos sombrios, nos quais ataques à democracia tornaram-se constantes. 

O Solidariedade tem origem na consagração dos princípios democráticos do Brasil. Acreditamos que somente em uma democracia somos capazes de melhorar as condições de vida do nosso povo, que está abandonado e sem assistência. 

O governo, que deveria tomar medidas para melhorar a vida das pessoas, está cada vez mais distante da realidade do país. O alto índice de desemprego, o aumento da fome, a escalada da violência e a miséria desenfreada mostram a incapacidade da gestão Bolsonaro de atender as demandas mais urgentes. 

Diante desse cenário, o Solidariedade se depara com grandes desafios para tirar o Brasil da situação em que se encontra. Muita coisa fizemos na Câmara por meio da aprovação de projetos importantes e também levando recursos para as cidades brasileiras. Esses investimentos são uma maneira de dar apoio às prefeituras que precisam das verbas para melhorar setores como saúde, educação e infraestrutura. Sem a destinação das emendas, muitos municípios não teriam condições de fazer o básico. Além disso, aprovamos o auxílio emergencial e lutamos para que o benefício fosse estendido para 2021. Aprovamos o programa de manutenção ao emprego, defendemos o apoio às micro e pequenas empresas e um programa social eficaz para reduzir a desigualdade. 

Trabalhamos muito, mas precisamos fazer ainda mais. Queremos mesmo é melhorar a vida da população com projetos que fomentem a distribuição de renda, o desenvolvimento social, que promovam a inclusão, a dignidade, a valorização da vida e o respeito à diversidade. O Solidariedade conhece os problemas dos brasileiros e não foge do seu compromisso de buscar soluções.

Há oito anos estamos unidos por um Brasil melhor e mais justo para todos os brasileiros.