Carregando...

Artigos

Eleições 20/03/2024

A importância na escolha do vereador compromissado com as necessidades do município

Luiz Antônio Adriano da Silva
Luiz Antônio Adriano da Silva
Secretário-geral nacional do Solidariedade
A importância na escolha do vereador compromissado com as necessidades do município
Imagem: Reprodução

As eleições municipais elegem, além dos prefeitos dos municípios, os vereadores que atuarão dentro das Câmaras e serão responsáveis pelas decisões políticas das cidades. Além disso, são responsáveis por fiscalizar a atuação do prefeito e seus secretários.

Segundo dados TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em 2020, mais de 58 mil candidatos foram eleitos para atuar como vereadores, que têm como premissas a responsabilidade de propor, articular e aprovar as leis de cada cidade.

O número de cadeiras a serem preenchidas em 2024 ainda não foram divulgadas, uma vez que ele varia conforme o número de habitantes de cada município, mas a estimativa é que sejam cerca de 58 mil vereadores, assim como nas eleições anteriores.

O trabalho do vereador é tão importante quanto qualquer outro no âmbito político. Ele é um agente de transformação cotidiana que pode facilitar ou dificultar a vida do eleitor. É importante saber escolher bem os representantes que ocuparão esses cargos para que a gestão da cidade seja eficiente e melhore nos anos seguintes às eleições.

Muitos eleitores focam totalmente na escolha do prefeito e ignoram que as propostas de leis municipais com questões da saúde, educação, tributos, transporte e demais temas dos municípios são de responsabilidade dos vereadores.

A aproximação entre vereadores e eleitores é de extrema importância para uma democracia saudável e funcional, afinal, por estarem mais próximos ao eleitorado, os vereadores são as pessoas responsáveis por ligar o povo ao governo, assim, parte do seu trabalho é entender não apenas as demandas gerais da cidade, mas também dos bairros e, por meio desses pedidos, propor e aprovar leis na câmara municipal que vão beneficiar esses eleitores com quem tem contato direto no dia a dia.

Parte superior do formulário

Os eleitores também podem usufruir dessa aproximação e cobrar dos vereadores eleitos que fiscalizem o andamento da execução dessas demandas por parte do prefeito e dos secretários, já que esse trabalho também cabe aos vereadores, ou seja, a aproximação entre vereadores e eleitores é fundamental para uma governança local eficaz, promovendo uma participação cidadã mais ativa, transparência política e tomada de decisões mais informada e representativa.

Nas eleições municipais de 2020, de acordo com o TSE, os votos brancos e nulos para o cargo de vereador somaram mais de 10 milhões (aproximadamente 8,92% dos votos válidos), uma queda pequena quando comparada aos cerca de 12 milhões nas eleições de 2016. Esses dados revelam que os eleitores ainda precisam se conscientizar sobre a importância do papel do vereador.

O eleitor deve prestar atenção nos candidatos que estarão concorrendo para os cargos de vereadores nas eleições, e, se faz necessário, conhecer, questionar e estar inteirado na campanha e nas bandeiras políticas dos concorrentes para saber qual representa melhor os seus ideais.

Nas eleições desse ano, os eleitores têm a oportunidade de fazer essa mudança que parece pequena, mas impacta na vida de todas as pessoas da sua cidade. No Solidariedade, mantemos a transparência para que todos saibam as nossas bandeiras e possam escolher seus candidatos com consciência de que a defesa de seus ideais também faz parte da nossa defesa.

Luiz Adriano da Silva, secretário-geral nacional do Solidariedade

Compartilhe